Escola Brasileira de Psicanálise - Delegação Geral do Maranhão - Vol. 1 2016 - ISSN 2447-6382

EDIÇÃO 5

Editorial

Thaïs Moraes Correia
Responsável pela edição da Revista Iteração
Uma revista é feita para dizer, para tornar a iterar uma movida à escrita, e este número reúne pela primeira vez artigos de analistas e não-analistas, professores e alunos do Curso de Transmissão do ensino de Freud a Lacan, promovido pela Delegação Geral Maranhão da Escola Brasileira de […]

By |outubro 19th, 2018|EDIÇÃO 5|0 Comments

A clínica da debilidade mental e o acting out[1]

Anícia Ewerton[2]
O fragmento do caso que trago para discussão foi retirado dos atendimentos feitos em uma instituição pública de São Luís, a APPAE, no período de abril/2004 a janeiro/2008. Ao iniciar esse trabalho, no setor de psicologia, a orientação ali posta pelo Outro institucional era que os atendimentos fossem feitos em grupo, já que este […]

By |outubro 19th, 2018|EDIÇÃO 5|0 Comments

A teoria freudiana sobre a psicologia das massas aplicada ao cenário político/social brasileiro.

Antonio Augusto de Souza Oliveira[1]
Vanessa Oliveira de Souza[2]

RESUMO
O presente trabalho é uma revisão bibliográfica com base na obra de Freud, Psicologia de massas e análise do eu (2011), em que são citados autores como Le Bon e William MCDougall. Ressalta-se, também, Jorge Forbes, Maria Hélène Brousse e Jessé de Souza, autores posteriores a Freud, mas […]

By |outubro 19th, 2018|EDIÇÃO 5|0 Comments

A transferência: uma palavra sobre o amor[1]

Brenda Cruz Ribeiro[2]
“O que o paciente viveu sob a forma de transferência nunca mais esquecerá”.

(Sigmund Freud)
Falar de transferência é dizer do amor. Assim foi sua origem na psicanálise, naquilo que Ana O. endereçou a Breuer (1842-1925) e, enigmaticamente, como a cabeça de Medusa, o petrificou. Contudo, como um rio córrego, Freud (1856-1939) pode, a partir […]

By |outubro 19th, 2018|EDIÇÃO 5|0 Comments

O declínio do pai e o mais-de-gozar

Joselle Couto e Lima[1]
A queda do falocentrismo, segundo Marie Helene Brousse, está muito mais para o declínio dos moldes de uma sociedade patriarcal do que propriamente a queda do falo. Fala-se muito mais de um declínio da tradição que de alguma forma incide sob as novas formações familiares, e a maneira como se dá o […]

By |outubro 19th, 2018|EDIÇÃO 5|0 Comments

O sexo de Shakespeare – ou uma libra de carne

Lenita Estrela de Sá
Que relação com a sexualidade teria um dramaturgo considerado quase sisudo pela maioria das pessoas?

A Renascença trouxe consigo grande exaltação intelectual (traduzida pela recuperação da cultura greco-romana) e sensível declínio da fé (condicionado pela secularização do clero que, já pelo final da Idade Média, preocupava-se mais com as conquistas militares e seus […]

By |outubro 19th, 2018|EDIÇÃO 5|0 Comments

Suicídio, automutilação e desejo de morte entre jovens e adolescentes nas redes sociais

Lucélia Sá Pereira[1]

Resumo
Este trabalho tem por objetivo fazer uma reflexão preliminar a partir do campo empírico das redes sociais e no diálogo com a psicanálise sobre a forma como jovens e adolescentes se relacionam com a morte e com o próprio corpo na contemporaneidade, tendo em vista que a realidade virtual nos revela novas configurações […]

By |outubro 19th, 2018|EDIÇÃO 5|0 Comments

Psicose e sublimação na arte de Orlan

Petros Stasinos[1]
Este texto propõe ilustrar e discutir algumas ideias de Lacan sobre as psicoses e a sublimação apresentando as obras e o percurso da artista francesa Orlan. Ela é representante da Arte Carnal que implica a ciência e a tecnologia da nossa época hipermoderna entrelaçada com o corpo do artista. A teoria da arte sempre […]

By |outubro 19th, 2018|EDIÇÃO 5|0 Comments

Análise, demanda de ser e amor

Silvana Sombra[1]
Lendo A direção do tratamento e os princípios de seu poder, nos Escritos de Jacques Lacan (1958/1988, p.624), escolhi escrever algo sobre o capítulo IV, Como agir com seu ser:
Pois, se amor é dar o que não se tem, é verdade que o sujeito pode esperar que isso lhe seja dado, uma vez […]

By |outubro 19th, 2018|EDIÇÃO 5|0 Comments

A constituição da linguagem sob a perspectiva freudiana

Suelene M. do Rêgo Barros Dantas[1]
Diversos estudos consideram a linguagem como um sistema simbólico exclusivamente humano. A chamada “ordem simbólica” indica que só é possível erigirmos uma cultura a partir de uma interdição. Os diferentes modelos teóricos destacam a condição neurobiológica e a importância e obviedade da cultura nesse processo. A significação do mundo se […]

By |outubro 19th, 2018|EDIÇÃO 5|0 Comments