Escola Brasileira de Psicanálise - Delegação Geral do Maranhão - Vol. 1 2016 - ISSN 2447-6382

ricardo chagas

About ricardo chagas

This author has not yet filled in any details.
So far ricardo chagas has created 11 blog entries.

A gestação da poesia em Ferreira Gullar

* Lenita Estrela de Sá

Nasce o poema.
De sete meses?
De sete séculos?
A concepção do processo criador tem variações nas diferentes estéticas literárias. Num século, considera-se um processo metafísico. Noutro, um processo cerebral, cartesiano.  E, noutro ainda, o que é mais raro, podem coexistir as duas compreensões.

Pois, Ferreira Gullar, autor de Nasce o poema (1), cuja leitura […]

By |novembro 13th, 2014|EDIÇÃO 1|0 Comments

Uma leitura psicanalítica acerca da obra de Frida Kahlo

Carmen Damous*
Trata-se de uma digressão, certa incursão na dicotomia entre “análise pura ou clínica” e “análise aplicada”, pois entendemos que não há psicanálise aplicada às obras de arte segundo Lacan ao dizer: “A psicanálise só se aplica em sentido próprio, como tratamento e, portanto, a um sujeito que fala e ouve”. Isto então é indicativo […]

By |novembro 13th, 2014|EDIÇÃO 1|0 Comments

A criminalização do sintoma no século XXI: A crise do poder judiciário

Paulo Guilherme Siqueira Rodrigues*
Antes de mais nada, quero esclarecer que esta pequena contribuição para a nossa Jornada é mais um levantamento de questões que me afligem enquanto participante da Delegação Geral da EBP do Maranhão e servidor do Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão.

Em primeiro lugar, apresentamos a idéia freudiana de crime como constituinte […]

By |novembro 13th, 2014|EDIÇÃO 1|0 Comments

O mal-estar contemporâneo: da renúncia ao excesso de gozo

Joselle Couto e Lima*
Discutir o problema do “mal-estar”, apesar de ser um tema que partiu de uma teorização de S. Freud em sua obra “ O mal-estar na civilização” em 1930, ainda é um tema de grande interesse para se compreender os problemas que implicam o sujeito contemporâneo em torno de um novo mal-estar. Considerando […]

By |novembro 13th, 2014|EDIÇÃO 1|0 Comments

O Sinthoma no Sintoma (1)

Eduardo Riaviz*
Se nos orientamos na lógica da cura, podemos dizer que a entrada em análise se dá pelo sintoma, a “saída” pelo atravessamento da fantasia fundamental, e que, paradoxalmente, há um além do atravessamento da fantasia, que implica, como nos ensina Miller, “a confrontação do analista com o Sinthoma” (confrontação não é desejo do analista). […]

By |novembro 13th, 2014|EDIÇÃO 1|0 Comments

O Corpo Afetado Pela Palavra

Silvana Sombra*
silsom@hotmail.com
Na minha vivência de anos na clínica médica, ouvindo falas diversas tendo como centro o corpo, testemunho desde então o que escapa à ciência. Os pacientes que não se conformam em tanto sentir e nada retratarem em seus exames clínicos e laboratoriais, e os que nada sentem e se encontram ali questionando tantas alterações […]

By |novembro 13th, 2014|EDIÇÃO 1|0 Comments

Considerações sobre a Histeria na Contemporaneidade

Thaïs Moraes Correia*
thaismoraescorreia@gmail.com
Sem olhar para trás para aprender com “as histéricas de Freud”, não poderemos inventar um futuro da Psicanálise. Assim como também, faz se necessário uma reformulação da questão da histeria, a partir da Orientação Lacaniana. É com o Lacan (2007) de 1977 que aprendemos a fazer um estudo da histeria pelo avesso.  Nesse […]

By |novembro 13th, 2014|EDIÇÃO 1|0 Comments

Entre o Sintoma e o Sinthoma – Um Impasse para o analista

Moacir Col Debella*
Quando lemos Eric Laurent em “A ordem simbólica no século XXI – Conseqüências para o tratamento” encontramos um exemplo de alguém marcado pela cena de ter observado “atividades eróticas dos pais”. Os posteriores cenários do personagem que procurou o analista podem simbolizar o que a prática clínica nos propõe em cada impasse. Os […]

By |novembro 13th, 2014|EDIÇÃO 1|0 Comments

A Castração e os Três Registros de Lacan – RSI

Anícia Ewerton
Participante da Delegação Geral – MA
aniciaewerton@superig.com.br
A Palavra castração vem do latim castratio e tem como significado “ato ou efeito de castrar, de remover ou inutilizar os órgãos reprodutores do animal”. Freud na construção dos conceitos que vão sustentar toda sua teoria psicanalítica, recorre à palavra castração para pensar os temores e ameaças sofridas pelas crianças de seu tempo e suas possíveis conseqüências. […]

By |novembro 13th, 2014|EDIÇÃO 1|0 Comments

Entrevista para Iteração

Iteração – Que lugar tem a psicanálise nesse mundo pós moderno?

F. Coutinho – A psicanálise foi inventada para tratar o mal estar de sujeitos de uma era (ou de um mundo) conhecida como vitoriana, na qual, apesar da “morte de Deus”, da queda das monarquias e impérios europeus ou como ficou mais conhecida por nós, […]

By |novembro 6th, 2014|destaque|0 Comments