• Editorial

    REVISTA DIGITAL ITERAÇÃO DA DELEGAÇÃO GERAL–MA *Thaïs Moraes Correia thais@elointernet.com.br O objetivo de uma revista de Psicanalise é transmitir o saber, saber esse que não pretende preencher o seu furo. No mundo cibernético temos a prevalência do objeto” regard” e a pergunta é inevitável: somos lidos? Estamos a fazer juz do verbo iterar, que põe […]
    Ler mais
  • Entrevista

    1.O que a psicanálise lacaniana tem a oferecer ao sujeito contemporâneo, como tratamento do seu mal estar? (Thaïs) Para início de conversa, essa pergunta me fez lembrar da entrevista de Miller “As profecias de Lacan”, na seguinte passagem: “No fundo, no inconsciente, o gozo de vocês não é complementar àquele de ninguém. Construções sociais mantinham todo […]
    Ler mais
  • Cada adolescente en su placa giratoria: entre la crueldad y el deseo.

    curso_1544
    Hacer sufrir Desde los primeros años de la escuela hasta mucho después de la edad universitaria, el hostigamiento, el acoso y la violencia entre los jóvenes se han convertido en una práctica común. Se trata de un ejercicio gratuito y desinteresado. No hace diferencias entre pobres o ricos, entre cultos o iletrados. No admite correlación […]
    Ler mais
  • O mal estar entre as parcerias: “não existe relação sexual” – Uma visão psicanalítica

    mandelli-foto-1
    O sociólogo polonês Zygmunt Bauman (2004) em vários de seus livros tem demonstrado que na atualidade, as relações humanas estão cada vez mais difíceis, o mesmo acontecendo com as relações entre parceiros amorosos. Quando são abordados os relacionamentos afetivo/sexuais parece paradoxal que, apesar do acesso a muitas informações e receitas de como comportar-se, muitas pessoas […]
    Ler mais
  • Linguagem e clínica do autismo

    imagem-texto-sobre-autismo
     O encontro do analista com a criança autista revela de maneira radical a dimensão da clínica do particular, do caso a caso, postulado pela ética psicanalítica. Qualquer enquadramento revela o seu fracasso e inevitavelmente o não-saber se faz presente nessa clínica. Apesar disso, a psicanálise nos oferece balizas teóricas importantes que permitem ao analista encontrar […]
    Ler mais
  • A Fenomenologia do Delírio a partir da obra de Schreber

    schreber
    De início, é importante salientar que se trata de uma obra muito especial, tanto pela sua autoria, já que é produto de um trabalho de um doente que se dedica a revelar todas as suas “experiências místicas”, quanto pelo material indispensável que se tornou para os estudiosos da psiquiatria e da psicanálise, principalmente a partir […]
    Ler mais
  • O prazer é o bem supremo

    peter_paul_rubens_-_venus_and_adonis-metropolitan-museum-of-art
    Acima das paixões e do sentimentalismo. Acima da inveja e da ambição. Feliz, porque sereno. Assim Ricardo Reis foi criado por Fernando Pessoa. A grande questão da obra de Reis é viver a existência com prazer, que o tempo é eterno, mas a vida, breve. Desse modo, também se pensava no jardim de Epicuro, em […]
    Ler mais
  • O adolescente mandando sua letra: orientação e literalidade do sintoma na atualidade

    camelo-leao-crianc%cc%a7a
    Nos tempos atuais vemos adultos muito diferentes de outrora. Antes, as crianças desejavam crescer logo, a adolescência era uma fase que praticamente inexistia e logo queríamos nos tornar adultos. Queríamos, talvez, com essa pressa de crescer, nos libertar do jugo dos pais, da família, da dependência econômica, da sombra do nosso pai, que nos mostrava […]
    Ler mais
  • Masoquismo: algumas breves considerações teóricas

    foto-petros-300x225
    Podemos definir o masoquismo como a procura do prazer através da dor[ii]. Essa dor pode ser psicológica (humilhação, sofrimento, dominação) ou dor física (espancamento, ser amarrado, etc). É uma posição subjetiva muito mais comum e frequente do que podemos imaginar e está presente nos sujeitos ditos normais, em graus variados. O masoquismo paradoxalmente está presente […]
    Ler mais
  • Ele – O Sintoma – Sou Eu

    tereza-foto
    O que nos é tão singular e intransferível que se torna por vezes inexplicável? Sinthome é o nome do incurável? Se assim for que caminho trilha-se na experiência analítica para chegar à apreensão dos elementos que não podemos explicar, justificar ou mesmo significantizar? Estaria à clínica borromeana em oposição à Clínica Estrutural? Em ambas há […]
    Ler mais
  • Adolescência: Momento de despertar

    fotos-thai%cc%88s-469
    Sabe-se que adolescentes jamais voltarão a serem crianças e não são adultos ainda. Nesta época se consolida uma modalidade de gozo advinda do despertar desse corpo, enquanto sexual. É nesta fase da vida que a sexualidade “esburaca” o real e é exatamente neste despertar que emerge do real, o gozo fálico. Desde os “Três Ensaios […]
    Ler mais
  • Comentários do filme: “Eu matei minha Mãe”

    “Amamos nossas mães inconscientemente, e só nos damos conta do quanto esse amor é profundo na separação final”
    O cinema tem contribuído para colocarmos a psicanálise na cidade. “Eu Matei Minha Mãe” teve seu roteiro escrito, em 2006, pelo canadense, Xavier Dolan. O filme nos faz mergulhar nos relatos afetuosos e ao mesmo tempo, atroz, da combinação explosiva de amor e ódio na relação entre um filho (Hubert) e sua mãe (Chantal) . […]
    Ler mais