Editorial

Thaïs Moraes Correia

Uma revista é feita para dizer, para tornar a iterar uma movida à escrita, e este número reúne pela primeira vez artigos de analistas e não-analistas, professores e alunos do Curso de Transmissão do ensino de Freud a Lacan, promovido pela Delegação Geral Maranhão da Escola Brasileira de Psicanálise. Esse percurso se inicia com a Entrevista de Analícea Calmon, membro da EBP e AMP e Conselheira da DG/MA, que gentilmente nos respondeu perguntas feitas pelos participantes da Delegação Geral Maranhão.

ENTREVISTA

Entrevista com Analícea Calmon

É uma pergunta bastante interessante e oportuna, mas, para desenvolve-la, cabe um esclarecimento inicial: não é o falo propriamente dito que cai, e sim o falo como centro, o que acompanha o declínio da função paterna e a consequente pluralização dos Nomes-do-Pai.  O significante queda, foi enfatizado por Laurent, referindo-se, numa perspectiva  metafórica, às quedas do Muro de Berlim e das Torres Gêmeas…

ARTIGOS

A clínica da debilidade mental e o acting out

Anícia Ewerton

O fragmento do caso que trago para discussão foi retirado dos atendimentos feitos em uma instituição pública de São Luís, a APPAE, no período de abril/2004 a janeiro/2008. Ao iniciar esse trabalho, no setor de psicologia, a orientação ali posta pelo Outro institucional era que os atendimentos fossem feitos em grupo, já que este dispositivo acolhia…

A teoria freudiana sobre a psicologia das massas aplicada ao cenário político/social brasileiro.

Antonio Augusto de Souza Oliveira e Vanessa Oliveira de Souza

Este artigo se propôs a estudar a psicologia das massas de acordo com Freud, e a compreender como é possível que a teoria freudiana possa elucidar a atualidade brasileira. No entanto, o que se pretende analisar com a psicologia social ou das massas é o que Freud (2011) denomina, através dos estudos de Le Bon e McDougall, de “instinto de rebanho” ou “mente de grupo”, de modo que esse modelo possa ser aplicado aos dias atuais e ao cenário político brasileiro…

A transferência: uma palavra sobre o amor

Brenda Cruz Ribeiro

Falar de transferência é dizer do amor. Assim foi sua origem na psicanálise, naquilo que Ana O. endereçou a Breuer (1842-1925) e, enigmaticamente, como a cabeça de Medusa, o petrificou. Contudo, como um rio córrego, Freud (1856-1939) pode, a partir dali, seguir e tecer o fio da meada.   A ênfase neste artigo será percorrer o conceito

O declínio do pai e o mais-de-gozar

Joselle Couto e Lima

A queda do falocentrismo, segundo Marie Helene Brousse, está muito mais para o declínio dos moldes de uma sociedade patriarcal do que propriamente a queda do falo. Fala-se muito mais de um declínio da tradição que de alguma forma incide sob as novas formações familiares, e a maneira como se dá o laço social…

O sexo de Shakespeare
ou uma libra de carne

Lenita Estrela de Sá

Que relação com a sexualidade teria um dramaturgo considerado quase sisudo pela maioria das pessoas? A Renascença trouxe consigo grande exaltação intelectual (traduzida pela recuperação da cultura greco-romana) e sensível declínio da fé (condicionado pela secularização do clero que…

Suicídio, automutilação e desejo de morte entre jovens e adolescentes nas redes sociais

Lucélia Sá Pereira

Suicídio, automutilação, desejo de morte e diversas formas de desestruturação psíquica são problemáticas frequentemente acionadas nas redes sociais, nas quais a partir do diálogo com a psicanálise, principalmente através de conceitos e teorizações…

Psicose e sublimação na arte de Orlan

Petros Stasinos

Este texto propõe ilustrar e discutir algumas ideias de Lacan sobre as psicoses e a sublimação apresentando as obras e o percurso da artista francesa Orlan. Ela é representante da Arte Carnal que implica a ciência e a tecnologia da nossa época hipermoderna entrelaçada com o corpo do artista. A teoria da arte sempre distingiu…

Análise, demanda de ser e amor

Silvana Sombra

Temos da parte do analisando que chega ao consultório as suas palavras, ele pede alguma coisa. E o sujeito, segundo Lacan, pede pelo fato de que fala: uma fala intransitiva que não implica nenhum objeto. Ele espera (até de forma ingênua) do analista a sua cura, conhecer-se melhor numa análise, ou ainda ter habilitação ou garantia para ocupar o lugar…

A constituição da linguagem sob a perspectiva freudiana

Suelene M. do Rêgo Barros Dantas

Diversos estudos consideram a linguagem como um sistema simbólico exclusivamente humano. A chamada “ordem simbólica” indica que só é possível erigirmos uma cultura a partir de uma interdição. Os diferentes modelos teóricos destacam a condição neurobiológica e a importância e obviedade da cultura nesse processo…

A linguagem do Cartel

Suely Simone Costa Lima

Este artigo, outrora um texto cujo título foi – O que é um cartel e que agora reescrevo a partir de outra posição, é herança de momentos de significativa aposta na causa analítica. De minha insistência cega como Tirésias, agora em pares, tornou-se vulnerável o desejo na formação analítica. E, trilhando esse caminho, escrevo…

Impasses do adolescente em direção ao empuxo do “Um”

Tereza Braúna Moreira Lima

De qual lugar, atualmente, em nosso mundo contemporâneo, responderá nosso Narciso púbere quando os objetos mais-de-gozar se oferecem cada vez mais ao apetite dos consumidores em forma de Latusas, prometedoras de completude?

Considerações sobre a anorexia

Thaïs Moraes Correia

Este artigo sobre anorexia será baseado na minha experiência como psicanalista na clínica do real. e após breve fundamentação teórica ancorada na Psicanálise de Orientação Lacaniana, apresentarei um estudo de caso…

A histeria: sexualidade a partir do caso Dora

Victor Ribeiro

Na época de Freud (1856-1939), a sexualidade era um tabu, tema muito reprimido, considerado uma transgressão social, uma perversão da sociedade. A mulher era a que mais sofria a repressão sexual, tanto no campo da fala, na maneira de se expressar, quanto no que se refere ao desejo. Freud foi um dos predecessores, pois rompeu com esse paradigma…

RESENHAS

Comentários de filmes

O filme Meu melhor inimigo à luz das teses de Freud

Ilnar Fernandes Feitoza e Maria Damiana C. da Silva

O filme dinamarquês Meu melhor inimigo (Min Bedste Fjende, 2010), dirigido por Oliver Ussing, aborda o tema bullying. Sabe-se que em ambiente escolar, entre adolescentes e pré-adolescentes, esses atos de intimidação e violência física ou psicológica aparecem com maior frequência. Os protagonistas do filme são Alf e Toke…

Sobre a pulsão escópica: um outro olhar

Yelma Oliveira

Esse recorte do diálogo no filme Mil vezes boa noite (2013) entre a personagem Rebecca e sua filha vai nortear as articulações que se seguem. Rebecca é uma fotógrafa de guerra que não encontra sentido em uma vida comum e concebe seu trabalho enquanto uma forma de transformar a realidade, ainda que o exercício de sua profissão coloque sua própria vida…